Sabe aquelas histórias de amor que fazem a gente suspirar? A história da So Cute também é assim. Tudo começou com uma menina que amava saias rodadas e estampas fofas. Desde muito cedo, Karoliny sonhava com os vestidos que queria usar. Mas eles não existiam em nenhuma loja da sua cidade. Apenas na sua imaginação e nos desenhos que mais tarde inspiraram suas primeiras coleções.

Aos 16 anos, a menina começou a transformar o sonho em realidade. Com a ajuda de costureiras-madrinhas, viu seus vestidos ganharem forma, como nos contos de fada. O estilo romântico e delicado de Karol conquistou o coração de suas amigas, que logo também quiseram vestir suas criações. Foi assim que um vestido se multiplicou em três e, com o tempo, em muitos outros, dando vida ao universo encantador da So Cute.

Pouco a pouco, o sonho virou negócio e, seguindo seu coração, Karoliny levou a So Cute para as primeiras feiras de moda autoral em Brasília. A marca foi se tornando conhecida na cidade e já não cabia mais em um pequeno estande. Era a hora de abrir a primeira loja. Em 2015, o romantismo dos vestidos fez a So Cute voar mais longe. As estampas criadas a mão conquistaram a curadoria do Nomet, um showroom de marcas de luxo que acontece durante a Fashion Week de Paris, e colocaram a marca entre as três representantes brasileiras no evento.

Hoje, com duas lojas em Brasília e uma em São Paulo, Karoliny e a sua So Cute querem cobrir o mundo de doçura e encantar cada vez mais mulheres. O desejo é chegar a outros países em breve porque, como toda menina romântica, a estilista e fundadora da marca nunca deixa de sonhar.